segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Economizar na cozinha






É possível poupar no dia-a-dia fazendo refeições económicas mas também deliciosas.
A minha sobrinha é perita neste tema!
Assim, deu agora início ao blog Poupanças da Anita como vos tinha já falado neste post.

Convido-vos a visitar; tenho a certeza que vão gostar e que a economia entrará na vossa cozinha. ;)


Bookmark and Share

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

O meu arroz de pato














Tinha uma embalagem de pato, desfiado e algumas fatias de presunto e chouriço no frigorífico. Decidi fazer arroz para o jantar.

Fiz assim:
Num tacho coloquei cebola picada e azeite, deixei refogar um pouco e juntei o pato desfiado, o presunto e o chouriço partido aos bocados, 3 cravinhos, sal e pimenta qb. Deixei que refogasse, acrescentei com um pouquito de cerveja até que  ficasse bem gostoso, reservei.
Entretanto (como comprei o pato já desfiado) num  tacho coloquei água onde juntei algumas tiras de presunto e chouriço, deixei que levantasse fervura, depois retirei o presunto e o chouriço, parti aos bocadinhos. Adicionei o arroz e juntei os bocadinhos partidos, deixei cozer. Num tabuleiro de ir ao forno espalhei metade do arroz, por cima o pato que refoguei e sobre este  o restante arroz. Polvilhei com queijo e decorei com rodelas de chouriço, foi ao forno a gratinar.
Por fim, servi e gostaram!
Bookmark and Share

.Romã...

















A minha sobremesa foi esta linda romã... abri e adorei, gostei tanto que a fotografei para partilhar convosco esta beleza...a Natureza tem destas coisas, rsrsrs

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Cozinhar atum fresco...delicioso

\


















Conforme o prometido ontem, cá estou eu a dizer como o atum fresco foi temperado e cozinhado.

Começamos por temperar com um pouco de sal e pimenta. Entretanto, cortamos alguns quadrados de papel de alumínio e colocamos 2 filetes em cima de cada quadrado.

 















Adicionamos cebola aos gomos, alho muito picadinho, tomilho, folhas de manjericão partidas aos bocados e regamos com um pouco de azeite; polvilhamos também com oregãos. 

















Fechamos os papelotes muito bem e levamos ao forno num tabuleiro durante 20 minutos.


















Retiramos do forno e servimos mesmo dentro do papelote, com batatinha cozida.
Amei este jantar estava muito, muito bom!
Foi de comer e chorar por mais... molhar o pãozinho neste azeite...hummm
EU DIGO FIZEMOS MAS VERDADE SEJA DITA QUEM COZINHOU FOI O MEU GENRO HEHEHE, TODO O MÉRITO É DELE...BELA REFEIÇÃO.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Atum fresco...como arranjar














Este fim-de-semana ofereceram-me este belo atum, sim, digo belo, porque é na realidade um peixe lindíssimo! Lindíssimo e fresco..
Sou franca! Não sou perita a arranjar peixe; normalmente peço na peixaria para o fazer.














Decidi pedir ajuda e colocar o meu lugar de cozinheira à disposição do meu querido genro que começou por arranjar o peixe assim:                                                                                                      
Escalou e dividiu o peixe em duas partes. 
















Retirou todas as espinhas e pele com muito cuidado para não estragar o peixe. 
E cortou os filetes.        
Amanhã vou postar a forma como os cozinhou.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Rolinhos de perú com queijo e fiambre















Foi o almoço cá em casa!
Descongelei uns bifinhos de peru, na altura de os temperar vi que eram um pouco finos.
Tinha pensado em grelhar! Mudei de ideias...no frigorífico  haviam fatias de queijo e fiambre, resolvi enrolar cada bifinho em 1 fatia de queijo e fiambre e fechei com 1 palito.

Fiz um refogado com cebola picada, cenoura aos palitos, tomate aos cubos, salsa, uma folhinha de hortelã, louro, sal e pimenta a gosto, coloquei os rolinhos em cima e deixei refogar algum tempo, virei e adicionei um pouco de cerveja, refogou mais um pouco e voltei a acrescentar, juntei ervilhas e deixei cozer.~Rectifiquei o tempero e está pronto!
Servi com puré, ficou bom!
Pode servir com batata cozida, arroz branco, massa cozida ou mesmo batatinha frita aos palitos.
Bom apetite!

Bookmark and Share

domingo, 14 de novembro de 2010

Chispe de porco com feijão vermelho...muito económico















Esta semana fui surpreendida com a visita da minha sobrinha ... e do filho, que já não me visitavam há algum tempo.
Acreditem, foi uma surpresa muito agradável, pois ela é uma pessoa super bem disposta!
Também estava cá em casa a minha filha, o meu genro e um dos meus sobrinhos.


Conversamos e rimos, rimos de verdade, aliás é sempre assim quando ela está presente.                                                                    
É uma pessoa super organizada e ...muito, muito poupada. Tem o filho na faculdade que lhe leva o dinheiro todo.O tema da conversa é sempre o mesmo PROMOÇÕES E POUPAR, seguido de grandes gargalhadas e várias receitas para aliviar o orçamento, fartamos de rir! Ainda bem que assim é!
Estamos a tentar convencê-la a fazer um blog acerca de receitas económicas ...se ela o fizer depois dou a notícia aqui no blog para poderem também conhecer.
Não podemos levar muito a sério a crise, vamos brincando e rindo com o tema.
Ao falarmos, ela lembrou-me de uma receita que por sinal acho muito económica e bem gostosa..


Podem  tomar nota:
1 pé de porco
1/2 kg de feijão cozido com cenoura ás rodelas bem finas
1 chouriço de carne
2 cebolas grandes
1 folha de louro
2 tomates maduros
1 dl de azeite
1 ramo de salsa
Sal e pimenta q.b. 
 
Raspe o pé de porco, retire todo o pêlo, abra ao meio, esfregue com sal grosso, depois lave muito bem, coza em bastante água, escorra e reserve o caldo. Corte a carne em pedaços. Num tacho, aqueça o azeite e refogue as cebolas, o tomate aos bocados o louro, sal, pimenta e o chouriço em rodelas. Junte a carne, e o o ramo de salsa, tape e deixe refogar durante algum tempo, adicione um pouco do caldo reservado, quando ferver adicione o feijão, envolva, tape e deixe apurar mais um pouco em lume lento. Rectifique os temperos e sirva. 


Bookmark and Share

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Pudim de leite de côco












Mais um pudim...quem não gosta!
Foi a sobremesa ontem ao almoço, é bom, e rápido de fazer!

Faço assim:
1 Lata de leite de côco
7 ovos
150 gr de açúcar
20 gr de farinha

Misturo todos os ingredientes e bato, caramelizo uma forma, verto a mistura e levo a cozer na panela de pressão durante 20 minutos.














Está pronto!
Levo ao frigorífico e ...é só comer...rsrsrsrs



Bookmark and Share

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Tarte de massa folhada com recheio de ....














Chegou a chuva!
E o frio está à porta.

A vontade de comer é maior, e aquele cházinho bem quente, sabe muito, muito bem...mas, claro, os docinhos, esses,  fazem falta para o acompanhar, rsrsrs.
Por isso resolvi abrir o frigorífico e procurar qualquer coisa que desse para fazer o dito cujo.
Encontrei algumas sobras e inventei! Confesso que valeu a pena!
                                                                                                                                                                                                                           














Tinha um pacote de massa folhada a acabar o prazo de validade
 Meio pacote de natas
4 Maçãs
 Amêndoa laminada
Compota de framboesa
5 Bolachas Maria
Vinho do Porto
Açúcar amarelo
Manteiga

Fiz assim:
Barrei uma forma de tarte (de fundo amovível) com manteiga, estendi a massa folhada e forrei. Descasquei as maçãs, parti aos gomos, misturei as natas e canela em pó. Envolvi tudo e verti para a forma. Numa taça coloquei um cálice de vinho do Porto e molhei as bolachas Maria, as quais esmigalhei e espalhei pelo recheio que estava na forma. Polvilhei com açúcar amarelo. Depois com uma colher de café parti vários bocadinhos de manteiga e acrescentei  por cima.
Levei ao forno cerca de 20 minutos + ou - a 180º-
Retirei do forno,  barrei com a compota de framboesa e cobri com a amêndoa  fatiada.





Ficou bonita a tarte!

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Soufflé de laranja




Uma sobremesa diferentebonita e...deliciosa.

6 laranjas
6 colheres (chá) de farinha maizena
3 colheres (sopa) de açúcar
30 gramas de manteiga
4 ovos




Faço assim:
Começo por lavar as laranjas. A seguir corto-lhes a parte superior (tipo uma tampa).
Limpo o interior e aproveito todo o sumo.Derreto a manteiga. Misturo a farinha com o  açúcar e o sumo de laranja e junto à manteiga  derretida, mexendo muito bem até engrossar. A seguir junto as gemas de ovo, uma a uma, e retiro do lume.
Deixo arrefecer. Entretanto bato as claras em castelo e misturo delicadamente para que o creme fique bem fofo. Encho depois as laranjas com este creme delicioso e levo ao forno, pré aquecido + ou - a 200ºC, durante 15 minutos. Sirvo a seguir.  


Bookmark and Share  

terça-feira, 6 de julho de 2010

15 Truques para poupar dinheiro















 Por vezes damos connosco a pensar:
"Mas poupar, poupar em quê! Só compro o que preciso!..."


Será assim? Recordo-me bem, embora já tenham passado vários anos, de uma colega que me dizia:
"É nas pequenas coisas que se gasta a maior parte do dinheiro." Tinha razão.


Analise comigo:
Quando compramos aquelas coisitas que custam 1 euro, 50 cêntimos..., será que pensamos se é preciso ou não fazer esse gasto? Claro que não, é tão pouco!
Pois fique sabendo que é nessas pequenas coisas que o dinheiro se gasta.
Afinal, quando precisamos de fazer compras de valor mais alto, com toda a certeza que pensamos 2 vezes; até procuramos a loja mais económica antes de comprar.
Faça uma experiência, registe todas as suas despesas durante o mês e ficará surpresa com o dinheiro desperdiçado!
Seguem alguns truques que ajudam na sua poupança:
Tome o pequeno-almoço, almoço, lanche e jantar em casa.
Resista à tentação de comer constantemente fora, em vez disso faça jantares para os amigos em casa e cada um participa com algo. 
Não deite comida fora! Reaproveite as sobras e faça novos pratos saborosos.
  1. Aproveite os cupões e talões de desconto para adquirir apenas coisas de que precisa.
     
  2. Quando for ao supermercado fazer as compras semanais ou mensais, leve uma lista detalhada das coisas que precisa e não compre nada que não conste na lista.
     
  3. Não compre água engarrafada, aproveite para adquirir um filtro de água e depressa rentabiliza o dinheiro.
     
  4. Diga não aos sacos plásticos, utilize sacos reutilizáveis.
     
  5. Volte a ser cliente frequente da biblioteca ou então peça livros emprestados aos amigos e familiares, em vez de os comprar.
     
  6. Deixe o carro em casa, os transportes públicos são mais acessíveis. Além da chatice de ter de procurar estacionamento!
     
  7. Aproveite os saldos para comprar roupa para o ano seguinte e não só, a metade do preço.
     
  8. Pratique exercício físico de uma forma gratuita, existem circuitos de manutenção grátis com diversos exercícios e diferentes modalidades.
     
  9. Aproveite as ofertas culturais gratuitas da sua cidade.
     
  10. Elimine todos os seus cartões de crédito, pague tudo em dinheiro.
     
  11. Estipule um valor mensal para pôr de lado e faça-o!
     
  12. Eu sei, está a pensar: “Também não me posso privar de tudo aquilo que gosto!" Sim claro, pode comprar um presente para si ou para quem mais gosta com uma parte da sua poupança mas só de vez em quando...
     
  13. E uma última dica: Aproveite as coisas boas da vida! Já a partir de hoje. Não paga nada! Ame, ria, converse com os seus amigos, vá à praia, passeie, tome um banho relaxante, aprecie o pôr-do-sol...

Bookmark and Share

domingo, 20 de junho de 2010

Bacalhau com natas















Faço esta receita  há vários anos e não quero outra!
Além de económica, é muito fácil de fazer.
Comer, é num abrir e fechar de olhos!
Porque é muito bom! Rsrsrsrs

Tome nota:
1 embalagem de bacalhau desfiado
1 cebola bem grande
batatas fritas aos palitos muito fininhas (2 batatas grandes por pessoa + ou -)
pimenta
1/4 lt de leite
2 pacotes de natas (400 ml de creme de leite fresco)
Queijo ralado
manteiga para untar o tabuleiro
azeite
(porção para 5 pessoas )
Comece por fritar as batatas,  reserve.
Lave o bacalhau em várias águas para tirar o sal, desfaça-o em lascas mais pequenas.
Ponha
a cozer no leite e deixe só levantar fervura. Coe o bacalhau e reserve o leite onde o cozeu.
Parta a cebola aos gomos muito finos, ponha a refogar (só cozer no azeite), adicione o bacalhau e pimenta qb. Deixe refogar e junte as batatas fritas. Misture tudo.
Regue com um pouco de leite de cozer o bacalhau e um pacote de natas (200 ml de creme de leite fresco). Pode adicionar um pouco de noz moscada se gostar.
Misture tudo em lume brando e retire do fogão. Entretanto, unte com manteiga um tabuleiro de ir ao forno. Ponha este preparado no tabuleiro e regue com o outro pacote de natas por cima (200 ml de creme de leite fresco). Pique com um garfo à medida que espalhar as natas. Por fim , espalhe o queijo ralado e deixe no forno até ficar bem dourado.





Acompanhe com uma boa salada de alface, tomate.

Bom apetite!

terça-feira, 8 de junho de 2010

Creme de morango




Foi a sobremesa cá em casa ontem! Como leva natas, o marido não comeu, mas eu, eu comi pelos dois hehehehe...gosto muito!






Tomem nota:
300 gr de morangos
2 pacotes de natas bem frias
3 colheres (sopa) de açúcar em pó                 
1 colher (sobremesa) de sumo de limão
hortelã qb

Lave os morangos (separe alguns para decorar no fim), retire as folhas e reduza a puré.
Bata as natas até ficarem bem espessas, adicione o açúcar e bata mais um pouco.
Junte as natas ao puré de morango; junte também o sumo de limão.
Misture até ficar tudo bem ligado.
Coloque em taças e decore cada uma com um morango cortado em flor e/ou um raminho de hortelã.
Leve ao frigorífico, no mínimo 2 horas.

Também pode servir com línguas de veado (bolachas).

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Soufflé de queijo de Cabrales






Rápido e muito gostoso!

O Queijo de Cabrales é um queijo espanhol, de tipo azul, feito a partir de leite de vaca, cabra e ovelha.



Ingredientes:
1 pacote de puré de batata
50 g de queijo ralado
2 colheres de sopa de manteiga
6 ovos
6 colheres de sopa de natas
Sal e pimenta branca

Ligue o forno previamente.
Prepare o puré de batata de acordo com as instruções do fabricante.
Numa taça que possa ir ao forno coloque metade do puré de batata numa camada e reserve o resto.
À parte faça um creme com as gemas, os queijos, a manteiga e as natas, e verta esta mistura sobre a taça com o puré, cobrindo de seguida com o restante puré de batata.
Finalmente, bata as claras em neve, tempere e despeje sobre o puré, formando picos.

Leve ao forno, em programa turbo a 220 graus, durante 8 minutos.

Bookmark and Share  

sábado, 29 de maio de 2010

Salada















Sim, é para você que gosta de saladas!
Como são bonitas, de um colorido inigualável....não consigo resistir, é o meu prato de eleição, principalmente no Verão.
Podem ser tão variadas que é dificil não gostar!
Com um bifinho grelhado ou um peixinho! hummmm

Esta eu fiz com:
Cenoura, beterraba, salsa, amêndoa laminada, couve roxa, cubinhos de pêra e oregãos.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Ganhei um selinho lindo!






 Ganhei este selinho lindo da minha querida amiga Noah do blog albumdaartesa@gmail.com , que é digno de se visitar, obrigada pelo seu carinho. Um beijinho para si.


Bookmark and Share

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Tarte com dois cremes de maçã

                                                                          










Super rápida, fácil de fazer
Adoro bolos, tartes, doces, tudo o que contém maçã!!
Além de saudável, a maçã tem sem dúvida um sabor delicioso quando adicionada a bolos.
Costumo comprar maçãs golden de tamanho mais pequeno para fazer sumos durante a semana; cresceram algumas e pensei fazer um bolo. 

Base:
pode utilizar massa folhada, massa quebrada ou base de bolacha.
Eu usei massa folhada, tinha cá em casa e precisava de ser consumida, mas com base de bolacha fica deliciosa.














Creme nº. 1                            
8 maçãs de tamanho médio
120g de açúcar
3 folhas de gelatina sem sabor 
algumas uvas passas (a gosto)
1 colher de sopa rasa de canela
um pouquinho de água

Lave as maçãs bem lavadas, parta aos bocados.
Junte o açúcar e um pouco de água.
Leve a cozer e faça um puré. Retire do lume. Junte as folhas de gelatina depois de as demolhar e bata muito bem até que se dissolvam. Adicione a canela em pó e as uvas passas e misture tudo.
Entorne este puré na base de bolacha e leve ao frigorífico.
















Creme nº.2
5 maçãs tamanho médio
manteiga
água (muito pouca)
2 folhas de gelatina sem sabor
2 folhinhas de hortelã partidas aos bocadinhos

Descasque as maçãs, parta aos cubinhos, junte um pouquinho de água muito, muito pouca e a manteiga.
Deixe cozer. Retire do lume e acrescente as folhas de gelatina, previamente demolhadas e mexa muito bem. Adicione as folhinhas de hortelã partidas aos bocadinhos.

Adicione este creme ao anterior (que já deve estar bem gelado) e leve de novo ao frigorífico. Sirva bem gelado. Decore com um raminho de hortelã na hora de servir!
Pode também aproveitar estes cremes e servir bem geladinhos em pequenas taças como sobremesa.
Deve no entanto, colocar no fundo das taças um pouco de bolacha Maria (digestiva) triturada, seguida dos respectivos cremes.
Divirta-se, invente!!!...Rsrsrsrrs

 Bookmark and Share

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Bolo de maçã com canela

















Este bolo é bem conhecido, mas é na verdade bom,bom...bom demais! Se ainda não experimentou, aproveite o fim de semana e faça este bolinho, sua família vai agradecer  com toda a certeza.

Tome nota:
250 gr de açúcar
150 gr manteiga
230 gr farinha
1 colher de chá de fermento
6 ovos
1 colher de sopa rasa de canela
6 maçãs golden 

Descasquei as maçãs cortei aos bocados e reservei.
Bati as gemas com o açúcar. Derreti a manteiga e juntei, bati tudo muito bem.
Adicionei a farinha o fermento  e a canela continuei a bater. Por fim misturei as claras batidas em castelo e bati até que a a massa ficasse bem ligada.
















Untei uma forma e verti a massa, a seguir coloquei as maçãs aos bocadinhos por cima. 
Levei ao forno a 180º C por 20 minutos.
Desenformei e barrei com geleia. Ficou lindo, brilhante e delicioso.
Depois...é só comer,comer até acabar! Rsrsrs


Bookmark and Share

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Creme de manteiga para bolo de bolacha ou ...

















Pensou em fazer um bolo de bolacha!
Sim, aquele bolinho que toda a gente conhece de bolacha Maria(bolachas digestivas), molhadas em café bem forte e... de repente precisa de um creme bem rápido de manteiga para o barrar, então tome nota:

250g de manteiga
185 g de açúcar peneirado
1 colher de sumo de limão


Com a manteiga à temperatura ambiente, misture o açúcar e bata até obter um creme uniforme.
Junte o sumo de limão e bata muito bem até que fique muito bem misturado.
Está pronto!
Molhe as bolachinhas no café bem forte, barre cada camada com este delicioso creme e inicie o seu bolo!
Vai adorar!

domingo, 9 de maio de 2010

Banana, a rainha da fruta



Se deseja uma solução rápida para baixos níveis de energia, não há melhor lanche que a banana. Contendo 3 açúcares naturais: sacarose,frutose e glicose, combinados com fibra, a banana dá uma instantânea e substancial elevação da energia.
Pesquisas provam que apenas 2 bananas fornecem energia suficiente para 90 minutos de exercícios extenuantes . Não é a toa que a banana é a fruta nº 1 dos maiores atletas do mundo. Mas energia não é a única forma de ajudá-lo a ficar em forma. A banana também ajuda a curar ou prevenir um grande nº de doenças e condições físicas, que a tornam obrigatória na sua dieta diária.


~Fonte: Dra. Shirley de Campos

domingo, 2 de maio de 2010

Tarte de amêndoa e leite condensado



Adoro esta tarte!
O meu marido não come...tem leite condensado!
Mas eu, eu, até lambo os dedos rsrs, é feio mas  sabe tão bem!
É dia da mãe, e como tal, fiz este docinho que tanto me agrada.




















Tome nota da receita:
Ingredientes:

Base:
 300 g de bolachas Maria  (digestivas)
 90 g de manteiga
1 ovo

Recheio:
 150 g de amêndoa sem pele e ralada
 2 lata de leite condensado
 4 ovos
 1 pacote de natas
 canela para polvilhar
Ligo o forno a 180 °C. 

Base:
Trituro grosseiramente as bolachas e misturo com a manteiga, trabalho de modo a ligar bem, adiciono um ovo e misturo até resultar uma massa bem ligada.
Forro uma tarteira de fundo amovível.

Recheio:
Bato o leite condensado com a amêndoa ralada, junto os  ovos, um a um e sem parar de bater, junto as natas e bato mais um pouco . Verto sobre a base de bolacha e coloco no forno cerca de 25 minutos, até o creme estar cozido e a superfície dourada. Por fim polvilho com canela.

Experimente, deixe arrefecer, corte uma fatia e...não se esqueça de lamber os dedos (de maneira que ninguém veja).
rsrsrs, beijinhos

Bookmark and Share